Quarta, 19 de Junho de 2024
(74) 9 9910-1010
Bahia Bahia

Estudante são beneficiados com a emissão do título eleitoral nas escolas

Alunos na faixa etária entre 16 e 18 anos estão recebendo orientações sobre o processo eleitoral, além de tirar título de eleitor. O post Estudante...

10/04/2024 23h48 Atualizada há 2 meses
Por: Irecê Repórter Fonte: Secom Bahia
Foto: Claudionor Junior/SEC
Foto: Claudionor Junior/SEC

A seis meses das eleições municipais, os estudantes do Colégio Estadual Pedro Paulo Marques e Marques, no bairro de São Cristóvão, estão tendo acesso ao atendimento itinerante da Justiça Eleitoral, por meio do projeto TRE em Todo Lugar. A ação é uma parceria entre o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE/BA) e as secretarias estaduais da Educação (SEC) e da Administração (SAEB), por meio do Serviço de Atendimento ao Cidadão Itinerante (SAC). Os alunos da faixa etária entre 16 e 18 anos estão recebendo orientações sobre o processo eleitoral, além de tirar título de eleitor, fazer o recadastramento biométrico e emitir certidão de quitação com a Justiça Eleitoral, entre outros serviços.

Na manhã desta quarta-feira (10), a secretária da Educação, Rowenna dos Santos Brito, esteve na terceira unidade escolar da rede contemplada com os serviços eleitorais para acompanhar os trabalhos, junto com o presidente em exercício do Eleitoral baiano, desembargador Abelardo Paulo da Matta Neto; da secretária-geral da Presidência do TRE-BA, Maria do Socorro Gouveia; e do secretário da Administração, Edelvino Góes.

Para a secretária Rowenna, a iniciativa representa mais um passo para garantir o acesso e o pleno exercício da cidadania aos estudantes da rede estadual de ensino, os incentivando ao voto consciente, além de mostrar a importância da participação e do acompanhamento da vida política brasileira. “Esta é uma agenda estratégica. Mais que tirar o título, é um diálogo sobre a democracia e a importância do voto da juventude. Precisamos fomentar esse processo em nossas unidades escolares, porque também é um processo de aprendizagem não só para os estudantes, mas para toda a comunidade escolar”, ressaltou. Ainda segundo Rowenna, a expectativa é alcançar outros municípios. “O prazo é curto: vai até o dia 8 de maio. Mas vamos procurar atender o máximo de unidades escolares”, complementou.

Para o presidente em exercício do TRE baiano, desembargador Abelardo Paulo da Matta Neto, a parceria é importante e salutar. “Estamos tentando aproximar o TRE dos jovens, estimulando e fomentando sua participação para que votem de forma consciente. Temos a possibilidade de ampliar a iniciativa para outros municípios e ainda teremos, aqui em Salvador, a ação em mais duas escolas”, afirmou. Já o secretário da Administração, Edelvino Góes, ressaltou a importância do apoio do SAC à iniciativa. “O fortalecimento da Justiça Eleitoral é o fortalecimento da nossa democracia e o jovem eleitor é fundamental neste processo”.

As estudantes Geovana Moraes de Moura e Kayane Eduarda Queiroz Barbosa, ambas de 16 anos, vão votar pela primeira vez, este ano. Enquanto esperavam para se alistar, elas ressaltavam a importância do título eleitoral e do voto. “Desde cedo, meu pai me incentiva a votar para escolher os nossos representantes. Como cidadã, estou atenta ao que acontece na minha cidade, Estado e país”, explicou a jovem Kayane Barbosa.

Programação

Além do Colégio Estadual Pedro Marques e Marques, cuja ação prossegue até sexta-feira (12), das 8h às 17h, outras duas unidades da rede estadual de ensino já foram contempladas com a iniciativa desde o início da parceria, em 25 de março. São eles: Colégio Estadual de Tempo Integral São Daniel Comboni, em Sussuarana, e o Colégio Estadual Rotary, em Itapuã, totalizando 648 atendimentos eleitorais realizados pelo projeto itinerante. Conforme o calendário, os próximos atendimentos serão oferecidos aos alunos do Colégio Estadual David Mendes Pereira, no bairro do Pau da Lima, entre os dias 16 e 19 de abril, e do Colégio Estadual Barros Barreto, de 23 a 26 de abril, em Paripe.

Fonte: Ascom/SEC

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.