Quarta, 19 de Junho de 2024
(74) 9 9910-1010
Irecê Uma nova mulher!

Paciente tem vida transformada após implante de marca-passo realizado na Hemodinâmica do Hospital de Irecê

Histórias de superação como a de dona Hildete se reúnem a tantas outras que fazem parte da trajetória de amor e serviço da obra fundada por Santa Dulce dos Pobres. 

29/05/2024 11h21
Por: Redação
Paciente tem vida transformada após implante de marca-passo realizado na Hemodinâmica do Hospital de Irecê

Há quatro anos, a aposentada Hildete Messias de Freitas, 68 anos, sofreu um desmaio e depois de fazer vários exames cardiológicos foi diagnosticada com bradicardia. Residente em Irecê, Hildete, que é mãe de quatro filhos e tem duas netas, teve a vida transformada após atendimento e implante de marca-passo realizado no Serviço de Hemodinâmica do Hospital Regional Dr. Mário Dourado Sobrinho, unidade administrada pelas Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), que neste mês de maio comemora 65 anos. Histórias de superação como a de dona Hildete se reúnem a tantas outras que fazem parte da trajetória de amor e serviço da obra fundada por Santa Dulce dos Pobres. 

Hildete relata que sentia muito cansaço, dor nas pernas, indisposição, pressão alta e que chegou a ter uma cirurgia ginecológica suspensa em Salvador, devido ao ritmo muito baixo de seus batimentos cardíacos.  “Vivi momentos difíceis, mas graças a Deus, fui acolhida pelos profissionais do Hospital Regional de Irecê. Fui atendida pela médica Poliana Roriz, que confirmou a necessidade de implante de marca-passo. A cirurgia foi realizada no dia 3 de maio, sob as bênçãos de Santa Dulce. Hoje, eu me sinto outra mulher e tenho qualidade de vida. Vocês transformaram minha vida, gratidão”, compartilha. 

Dona Hildete é a 35ª paciente submetida ao implante de marca-passo implementado em agosto de 2023 na Hemodinâmica da unidade hospitalar. O setor iniciou suas atividades em 2021 e comemora ter ultrapassado a marca de três mil procedimentos de alta complexidade. Entre esses, destacam-se a realização de cateterismos cardíacos e angiografias (diagnósticos), angioplastias coronarianas e vasculares periféricas, além de implantes de cateteres vasculares de maior permanência (terapêuticos) para a análise ou a correção das mais diversas patologias.

O responsável técnico pelo serviço, o médico cardiologista intervencionista Carlos Vinícius Espírito Santo, relata que os grandes diferenciais do serviço são a possibilidade de oferecer atendimento para urgências e emergências 24 horas por dia, durante os sete dias da semana, e a possibilidade de oferecer dispositivos terapêuticos de ótima qualidade pelo SUS na cidade de Irecê, que fica a cerca de 480 quilômetros de distância de Salvador. “Muitos dos aparatos tecnológicos e materiais que utilizamos na Hemodinâmica do Hospital de Irecê são equivalentes aos que utilizamos em hospitais privados de referência da capital baiana”, pontua. 

Carlos Vinícius destaca ainda os nomes dos profissionais, que são fundamentais para o trabalho conjunto que tem trazido os resultados positivos do setor de Hemodinâmica da unidade hospitalar: Thaís Magalhães, coordenadora de Enfermagem do setor; Magno Baunieri, coordenador do serviço de Cirurgia Vascular; Igor Lessa, coordenador da Cardiologia; e Polliana Roriz, responsável pelo serviço de Arritmologia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.