Política

Zé das Virgens chama acusação de Sobral de leviana e afirma: " Vou provar minha inocência"

Acionado pelo Ministério Público Federal (MPF) por desvio de mais de R$ 3 milhões de verbas públicas destinadas à distribuição de água, o ex-prefeito de Irecê, Zé das Virgens, respondeu, nesta terça-feira (06), acusações feitas pelo seu sucessor, Luizinho Sobral, também acusado na ação do MPF.

Em entrevista a uma emissora de rádio local, Zé das Virgens, que foi prefeito entre 2008 e 2012, disse que a ação é “reflexo de uma alternância de governo criminosa e abrupta”. Em resposta a uma nota pública (veja qui), divulgada por Luizinho, na qual joga a culpa no seu antecessor por todas as irregularidades, Zé das Virgens disparou: “É uma acusação leviana. Quem poderá dizer quem é o responsável é a justiça federal”.

Zé das Virgens disse que sua defesa já está sendo feita por um advogado criminalista e que vai provar sua inocência no processo. “Vou lutar até as últimas conseqüências para provar minha isenção e minha inocência. Eu não me apropriei de  um real desses mais de 2 milhões que estão querendo que eu devolva. Se eu tivesse sido reeleito, o projeto teria sido concluída na sua totalidade”, completou.

Fonte: Irecê Repórter

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.