Brasil e Mundo

Vídeo mostra acidente com helicóptero que matou Boechat e piloto

Imagens de câmera de segurança mostram momento em que aeronave passa pelas pistas do Rodoanel.
Vídeo mostra acidente com helicóptero que matou Boechat e piloto

Câmeras de segurança registraram o acidente de helicóptero que matou o jornalista Ricardo Boechat e o piloto Ronaldo Quattrucci, na segunda-feira (11), na Rodovia Anhanguera, em São Paulo.

O vídeo, fornecido pela Polícia Civil, mostra a aeronave perdendo força e descendo (assista acima). O helicóptero passa entre dois viadutos do Rodoanel Mário Covas, que ficam sobre a Rodovia Anhanguera. O caminhão que bateu na aeronave também aparece nas imagens, mas a colisão não foi registrada. Em seguida, uma fumaça preta aparece no canto esquerdo.

Segundo o delegado Luiz Hellmeister, titular do 46º Distrito Policial (DP), em Perus, as imagens e os depoimentos demonstram que a colisão que matou o jornalista e o piloto foi uma “fatalidade”.

“A imagem mostra o helicóptero taxiando, perdendo altitude, balançando, e descendo entre os viadutos. A cena não mostra, mas os esquis da aeronave pegam na parte superior do caminhão e ocorre a colisão, que depois fez o aparelho pegar fogo e matar o jornalista e o piloto. Foi uma fatalidade”, disse Hellmeister.

O vídeo foi gravado por uma câmera de segurança da CCR Rodoanel, concessionária responsável pelo Rodoanel, e foi entregue nesta tarde à investigação, que apura as causas e eventuais responsabilidades pelo acidente com mortes.

 

 

http://g1.globo.com/sao-paulo/videos/v/video-mostra-acidente-com-helicoptero-que-matou-ricardo-boechat-e-piloto/7375530/?utm_source=twitter&utm_medium=share-player-desktop

Fonte: G1

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.