Polícia

Seis homens são presos suspeitos de integrar facções envolvidas em 50 homicídios na Bahia

Também foram apreendidos cerca de R$ 75 mil em espécie, três armas e 37 kg de drogas.
Seis homens são presos suspeitos de integrar facções envolvidas em 50 homicídios na Bahia

Seis integrantes de duas facções criminosas foram presos na manhã desta sexta-feira (21), durante uma operação integrada das polícias Civil e Militar no município de Alagoinhas, a cerca de 110 km de Salvador. 

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), além dos dois mandados de prisão cumpridos e outras quatro prisões em flagrante, também foram apreendidos cerca de R$ 75 mil em espécie, três armas e 37 kg de drogas.

Ainda segundo a SSP-BA, os alvos da operação são membros de duas quadrilhas especializadas em tráfico de drogas, homicídios, roubos, associação criminosa e corrupção de menores. Somente nos últimos dois anos, os grupos foram responsáveis por 50 homicídios. 

Na operação, foram presos: Josuel Santos Silva e Jeferson Santos Silva - que possuíam mandados de prisão em aberto- além de Rafael dos Santos Santana, Alison Santos de Jesus, Luís Mendes Souza e Willian de Jesus Carvalho, detidos em flagrante durante ações simultâneas nos bairros Miguel Velho, Barreiros, Santa Terezinha e Novo Horizonte. Eles eram investigados há seis meses pela 2ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Alagoinhas).

A Secretaria da Segurança informou que policiais cumpriram 28 mandados de busca e apreensão. Além da quantia de R$ 75 mil, foram apreendidos três revólveres, munições, 33 kg de cocaína (avaliado em R$ 495 mil), 4 kg de maconha, 31 pedras de crack e dois veículos.

Participaram da operação cerca de 100 policiais, incluindo equipes do Depin/Cati, do 4° BPM, da COE, da Cipe Litoral Norte e das 1ª, 3ª, 6ª e 15ª Coorpins.

Fonte: Bocão News

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.