Brasil e Mundo

Se não respondo no WhatsApp pode ser porque não posso ou, simplesmente, não quero!

Não somos obrigados a responder mas, contudo, moralmente somos pressionados a isto.

A coerção emocional à qual as tecnologias do imediatismo, como o WhatsApp, nos submetem está acabando com os princípios da boa comunicação. É comum se deparar com diversos conflitos com pessoas que exigem certa fluidez na conversa.

Não somos obrigados a responder mas, contudo, moralmente somos pressionados a isto. Isto acaba nos “queimando” e tornando o nosso contato com os outros uma verdadeira odisseia.

Por isso, é bom elaborar estes direitos tecnológicos e fazer valer nossos desejos. Obstinar-se para cumprir com expectativas dos outros acaba nos esgotando, intoxicando e destruindo a nossa identidade.

Quem já não se sentiu alguma vez questionado pelo seu jeito de responder as mensagens? Quem já não foi pressionado ou não foi vítima da pressa dos outros? Quem já não sentiu que as redes sociais estavam acabando com a sua intimidade?

Responder ou não é sua decisão

Temos o direito de não responder se não quisermos ou, dependendo, de fazê-lo quando for mais conveniente. De forma semelhante, temos o direito de publicar nas nossas redes sociais o que quisermos. Há diversos exemplos na rede de pessoas que decidiram dar um tempo e sair do mundo do WhatsApp e outros aplicativos com o objetivo de aliviar suas vidas e se dar um pouco de paz.

Com esta atitude passaram a ser criticadas e questionadas por muitas pessoas. Não responder não significa ser um “antissocial” ou uma pessoa “sem consideração” como muitos querem nos fazer crer,simplesmente estamos fazendo uso dos nossos direitos.

Não devemos nos entregar à tirania das novas tecnologias, pois isso é deixar a nossa própria vontade morrer.

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.