Política

PTB da Bahia nomeia presidente estadual da Inclusão Social e Pessoa com Deficiência

Rafael Medeiros é o novo presidente estadual do PTB Inclusão Social – Pessoa com Deficiência – da Bahia
Rafael Medeiros e Carlos Frederico, representante do Diretório Estadual do PTB da Bahia (Foto: Divulgação)

O enfermeiro e cadeirante Rafael Medeiros, autor de cinco livros e criador do Projeto Social “Use o cinto de segurança”, é o novo presidente estadual do PTB Inclusão Social – Pessoa com Deficiência – da Bahia.

“A iniciativa do partido é um incentivo para a candidatura das pessoas com deficiência a fim de ‘garantir à pessoa com deficiência todos os direitos políticos e a oportunidade de exercê-los em igualdade de condições com as demais pessoas’, conforme o artigo 76, parágrafo 1o, inciso II, da Lei Brasileira de Inclusão”, declarou Carlos Frederico, representante do Diretório Estadual do PTB da Bahia.

Medeiros, que é pré-candidato a deputado estadual pela sigla, sabe da importância desta secretaria dentro do PTB. “De acordo com os últimos dados do IBGE a Bahia é o estado do nordeste aonde tem proporcionalmente o maior número de Pessoas com Deficiência. É o caso de uma mulher de 40 anos, moradora da região de Irecê, que tem deficiência intelectual e que até hoje não conseguiu se aposentar. E estas pessoas estão esquecidas pelo poder público”, falou Rafael Medeiros.

O fato é que a Bahia nunca teve nenhum parlamentar com deficiência. E esta falta de representatividade faz com que os problemas enfrentados por estas pessoas no Estado sejam inúmeros. Mas o que mais chama a atenção são as concessões de órteses e próteses pelo poder público.

“É desumano uma pessoa acamada sair do interior e ter que vir à Salvador apenas para pegar uma cadeira de rodas. São pessoas que saem de sua cidades à noite dentro de ambulâncias, dormem na porta do CEPRED, pela manhã passam por uma avaliação e voltam para suas casas. Há casos de desmaios de fome na fila de avaliação. É degradante”, relata Medeiros.

Fonte: Veja Política

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.