Brasil e Mundo

Preservativo inteligente colhe dados sobre suas relações sexuais

Além de armazenar informações como dia e hora, também é possível detectar doenças transmissíveis, de acordo com fabricante

Sexo está mais ligado ao instinto humano, do que a percepção de cálculo sobre desempenho e velocidade. Mas isso pode mudar em breve: um preservativo “inteligente” será capaz de coletar esses e outros dados, além de alertar para a possibilidade de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), de acordo com o fabricante.

“Usuários terão a opção de compartilhar dados recentes com amigos, ou mesmo com o mundo. Você será capaz de anonimamente acessar estatísticas que poderá comparar com outros usuários do i.Con no mundo inteiro”, diz o website da empresa.

Embora ainda não tenha data oficial de lançamento, o produto já tem preço de venda: 59,99 libras (pouco mais de R$ 264). A British Condoms já está aceitando encomendas, mas diz que só aceitará o pagamento após o lançamento.

Em sua página do i.Con Smart Condom, a empresa anuncia que o anel responderá dúvidas comuns, que poderão ser acessadas através de um aplicativo. A lista inclui velocidade de penetração, velocidade média, quantidade de calorias queimadas em cada sessão, quantas posições sexuais são usadas, além dos básicos comprimento e largura.

Não para todos os egos, existe ainda a oportunidade de recorrer a estatísticas para ver como anda o desempenho do usuário se comparado ao de outros homens no mundo.

O produto terá um ano de garantia e vem com um carregador que dá ao anel entre seis e oito horas de uso. Ele poderá ser combinado a “nano-chip e sensores” e ativado via Bluetooth.

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.