Brasil e Mundo

Presa mãe que cegou os filhos para receber benefícios sociais

A Polícia Civil de Itabaiana (SE) prendeu na última quarta-feira (29) uma mãe suspeita de provocar cegueira dos três filhos – de 9 meses, 2 anos e 13 anos – com o objetivo de receber benefício previdenciário do INSS. As crianças são duas meninas e um menino.

Segundo o G1 (assista), o inquérito policial revela que após o diagnóstico da suposta doença nas crianças, a mãe requereu ao INSS o benefício correspondente.
A investigação foi iniciada em junho passado, quando a criança, de 2 anos, foi atendida no hospital de Itabaiana com perda da visão. Desconfiada, a direção do hospital decidiu informar o caso ao Conselho Tutelar, que por sua vez acionou a Polícia Civil.

Foi a partir da apuração da Polícia Civil que as autoridades descobriram que outros dois filhos da mulher também eram cegos: um adolescente de 13 anos e a uma menina de 9 meses. A mulher já recebe benefício do adolescente e tentava receber o benefício da filha bebê.

A mulher tem um quatro filho, de 5 anos, que recebe benefício do INSS, por ter o pai falecido.

Ouvida pelo G1, a delegada do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) de Itabaiana, Josefa Valéria Andrade, disse que não há nenhuma receita médica que comprove a origem dos medicamentos supostamente usados pelos filhos. O juizado da Vara da Infância e Juventude também acompanha as investigações.
A prisão da mãe, nesta semana, se deu em razão da mesma não cumprir determinação judicial para que se afastasse dos filhos.


Já as crianças passaram por acompanhamento médico e tiveram a guarda provisória designada a membros da família. O destino final das crianças ainda vai ser decido pela Vara da Infância e Juventude.


Segundo informou a delegada ao G1, a mulher foi indiciada por lesão corporal gravíssima.

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.