Política

Prefeitos são investigados pelo MP por nepotismo; cidade da região está na lista

Pelo menos 31 prefeitos são investigados pelo MP; em 21 cidades prefeitos mantêm familiares em cargos
Foto: Reprodução

As suspeitas nepotismo na Bahia se espalham por pelo menos 31 prefeituras do interior estado. De acordo com levantamento feito pelo jornal Correio, este é o número de administrações municipais investigadas pelo Ministério Público Estadual (MP) por conta do crime. Desse total, em 21 cidades os prefeitos mantêm seus familiares com cargos apesar da apuração do MP.Em dez casos, por outro lado, a situação já foi resolvida por meio de sentença judicial ou com o prefeito atendendo à recomendação dos promotores.

Ainda segundo o Correio, na cidade de Cafarnaum, por exemplo, a prefeita Sueli Novaes (PR) atendeu a orientação do MP e exonerou 13 pessoas. Brumado não fica muito atrás. Eduardo Vasconcelos (PSB) demitiu 12 pessoas da prefeitura no mês de maio, incluindo o filho, que era secretário de Agricultura.

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.