Política

Por falta de 12 votos, Luizinho Sobral não consegue se eleger deputado estadual

Cenário político indica retorno do grupo de Luizinho a Irecê em 2020 para disputar prefeitura.

O ex-prefeito de Irecê, Luizinho Sobral (Podemos), não conseguiu um assento na Assembleia Legislativa da Bahia por falta de apenas 12 votos.

Com 100% das urnas apuradas, Sobral obteve um total de 46.162 votos. Somente em Irecê, seu reduto eleitoral, foram quase 13 mil votos.

Luizinho ficou na primeira suplência. Na sua frente, ficou Thiago Correia, com 46.494 votos.

O cenário indica o retorno do grupo de Luizinho a Irecê em 2020 para disputar a prefeitura. Nas eleições de 2016, Sobral perdeu para Elmo Vaz (PSB). Foram 819 votos de diferença.

 

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.