Brasil e Mundo

PF estuda pedir a prisão de Bolsonaro; saiba detalhes

PF estuda pedir a prisão de Bolsonaro; saiba detalhes

Integrantes da Polícia Federal (PF) avaliam pedir a prisão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) caso ele não retorne ao Brasil até abril. Avalia-se que a permanência dele nos Estados Unidos configura "evasão do distrito da culpa", previsto no artigo 302 do Código de Processo Penal, que pode ser usado para justificar a prisão cautelar de uma pessoa investigada. As informações são da coluna de Carolina Brígido, no portal UOL.

Bolsonaro, que deixou o Brasil no dia 30 de dezembro, é alvo de uma investigação do Supremo Tribunal Federal (STF) que investiga a um possível envolvimento nos atos golpistas ocorridos no dia 8 de janeiro. A situação do ex-presidente ficou mais delicada após o caso das joias.

De acordo com a publicação, existem dois caminhos para se chegar a Bolsonaro. O caso dos atos golpista é considerado mais lento, pois as provas coletadas ainda não perto do ex-presidente. A exceção é o ex-ministro da Justiça Anderson Torres, que segue preso.

Já o caso das joias é considerado a forma mais rápida pela existência de provas que afetam diretamente Bolsonaro. Segundo uma fonte ouvida pela coluna, falta apenas “coragem” por parte da Justiça, pois "o flagrante está dado".

Com as duas investigações, integrantes da PF avaliam que uma condenação de Bolsonaro apenas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o que poderia deixa-lo inelegível, seria vantajosa para o ex-presidente, pois as duas investigações podem causar um estrago ainda maior a ele.

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.