Irecê

Palestra sobre plantio da palma capacita cerca de 250 produtores rurais baianos

O agrônomo Paulo Suassuna mostrou sua técnica exclusiva com uma aula prática, durante a 19ª Exposição Agropecuária de Irecê (Expoagri)
Foto e Texto: Nara Zanelli

Pelo menos 250 produtores e agricultores participaram da palestra sobre Cultivo de Palma, realizada pelo Sebrae na 19ª Exposição Agropecuária de Irecê (Expoagri), na última sexta-feira (28). O agrônomo Paulo Suassuna apresentou a sua técnica exclusiva de plantio e mostrou, através de uma aula prática, como se faz o plantio de forma otimizada e eficiente. Para ele, a palma é um produto nobre e deve ser explorado com mais produtividade na região do Semiárido. “Estamos falando de alta produtividade, para alimentar os animais durante o ano todo. A palma é o ouro do sertão e tem grande capacidade de armazenar água, além disso, os animais a apreciam muito.Com as técnicas certas e os cuidados necessários, o agricultor terá um aumento significativo na sua produção final”, explica.

Antônio Bento, produtor rural da cidade de Macaúbas que assistiu a palestra, pretende aplicar as novas técnicas para melhorar resultados. “Eu já tenho um plantio de palma e vi que estava fazendo tudo errado. A partir de agora vou fazer com esses critérios apresentados durante a palestra. Foi um dia de muito aprendizado”, diz.

O agricultor Ubirajara Sampaio, de Itaberaba, viajou cerca de 270 quilômetros para participar da capacitação. “Vou começar a plantar palma e vim para aprender como fazer. Fiquei muito feliz com o resultado da aula e já vou começar acertando”, avalia sobre o evento, que atraiu produtores de cidades como Piritiba, Jacobina, Seabra, Itaberaba, Baixa Grande, Marcionílio Souza, Macaúbas e também de localidades da macrorregião de Irecê.

Para o técnico do Sebrae, Mauro Viana, a palestra foi produtiva e orientou de forma objetiva os participantes. “A palma é um produto fundamental para a alimentação do rebanho no Semiárido, e a palestra ajudou o produtor a entender a técnica utilizada. Agora eles vão plantar de forma eficiente e melhorar a produtividade”, finaliza.

Expoagri

Considerado um dos eventos mais importantes da região, essa edição contou com mais de 80 mil visitantes e cerca de 200 expositores, que contabilizaram, aproximadamente, R$ 2 milhões em negócios, durante os quatro dias de evento. A exposição teve o objetivo de fomentar o melhoramento genético e comercialização do rebanho regional e os diversos segmentos do agronegócio, atraindo e gerando intercâmbio entre expositores de diversas regiões.

Além da comercialização, aconteceram debates importantes para os produtores rurais da região, que tiveram acesso a conhecimento de alternativas inteligentes e novas técnicas de manuseio e trabalho no campo.

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.