Brasil e Mundo

O piloto que faleceu junto com Boechat também merece ser lembrado e homenageado

Não nos esqueçamos das outras vidas perdidas nos acidentes....
O piloto que faleceu junto com Boechat também merece ser lembrado e homenageado

Ronaldo Quattrucci, 56 anos, foi o piloto que conduzia o helicóptero que levava o jornalista Ricardo Boechat na tarde desta segunda-feira (11).

O piloto era dono da empresa proprietária do helicóptero, a RQ Serviços Aéreos Especializados Ltda. 

Segundo a Associação Brasileira de Pilotos de Helicóptero (Abraphe), Quattrucci “seguiu à risca as doutrinas de segurança até o último momento, na tentativa de preservar a vida da tripulação a bordo do helicóptero”.

“Importante destacar, ainda, a experiência de quase duas décadas do comandante, as licenças regulares, bem como as características e potencial da aeronave que comandava”, diz a nota.

 

O helicóptero saiu de Campinas, no interior do estado, onde Boechat participou nesta manhã de um evento, e seguia em direção à sede do Grupo Bandeirantes, no Morumbi, Zona Sul . A queda ocorreu na rodovia Anhanguera, junto ao Rodoanel: a aeronave bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via.

Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a aeronave, um Bell Helicopter prefixo PT-HPG, estava em situação regular.

Ronaldo Quattrucci deixa dois filhos. Nosso respeito a seu trabalho e sinceros sentimentos à família.

Ressaltamos também nosso desejo de recuperação ao motorista do caminhão atingido e nossa eterna saudade a Boechat.

***

Com informações de G1

 

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.