Região |

Nota de Retratação

Nota de Retratação

O Central Notícia e o Jornalista Luciano Castro reconhecem que cometeram um erro ao publicar uma reportagem no dia 17 de junho de 2019 (segunda-feira) (veja aqui) sobre um assalto em que foram vítimas três mulheres na cidade de Irecê.

No momento da redação da matéria, ao invés de ser colocado o nome do suspeito do crime [Valdeliço da Silva], que supostamente praticou o assalto, foi digitado erroneamente o nome do senhor João Dácio Xaviar Freitas que não tinha nada a ver com o delito, cujo nome logo em seguida foi deletado da página do Central Noticia e feito a respectiva correção pelo site. Pedimos desculpas pelo o equívoco a João Dácio Xaviar Freitas, homem trabalhador e honesto, que exerce a função de mototaxista na cidade de Irecê, ou seja, é uma pessoa idônea, sem qualquer vinculação ao delito informado naquela matéria.

 


Como toda atividade humana, o jornalismo não é imune a erros. Os controles existem, são eficientes na maior parte das vezes, mas há casos em que uma sucessão de eventos que vai da pauta à publicação de uma reportagem produz um equívoco. Cada caso é um caso, inclusive nesse caso nos baseamos em informações passadas pelo Cicom, mas que logo em seguida fomos alertados sobre o erro e efetuamos a respectiva correção informando o nome do real suspeito por aquele delito.


A reportagem errou, sem dolo. “Acredito que não ha? fórmula, e nem jamais haverá, que torne o jornalismo imune a erros. Quando eles acontecem, e? obrigação do veículo corrigi-los de maneira clara”, destaca Luciano Castro, editor do site.


É o objetivo desta Carta aos Leitores. Explicar o erro cometido e pedir desculpas ao cidadão de bem o senhor João Dácio e aos leitores do Central Notícia.


Fonte: Central Notícia

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.