Municípios

Moradores do ES são internados com suspeita de febre amarela

Governo Federal eve enviar 350 mil doses da vacina contra a doença para o Estado
Foto: Reprodução/Google

Dois moradores de municípios do Espírito Santo estão internados com suspeita de febre amarela. Se confirmados, os casos serão os primeiros da doença no Estado. No sábado (14), a Secretaria de Estado de Saúde informou que 54 macacos haviam sido encontrados mortos em municípios próximos da divisa com Minas Gerais, que teve decretada situação de emergência por conta da febre amarela. Óbitos desses animais, quando acontecem em escala maior e em curto período, são considerados como alerta para que a doença atinja seres humanos.

 

Os casos suspeitos são de moradores dos municípios de São Roque do Canaã e Conceição do Castelo, respectivamente a 80 quilômetros e 60 quilômetros da divisa entre o Espírito Santo e Minas Gerais. O governo do Espírito Santo anunciou para esta segunda-feira (16) o início de vacinação em 27 municípios do Estado que fazem divisa com Minas. A decisão foi tomada após a morte dos macacos ser comunicada ao Ministério da Saúde. A ação de vacinação foi comunicada como um "bloqueio" da chegada da febre amarela no Estado.

 

O governo federal, segundo a secretaria de saúde do Espírito Santo, se comprometeu a enviar 350 mil doses da vacina contra a doença. As doses serão distribuídas aos postos de saúde dos municípios, que ficarão responsáveis pela imunização da população. Segundo o último levantamento do governo de Minas Gerais, 38 pessoas morreram no Estado até a última sexta-feira (13) com suspeita de febre amarela. Até o momento, há 133 casos de pacientes que teriam contraído a doença.

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.