Política

Ministro Antônio Imbassahy deixa ministério

O ministro da articulação política, Antônio Imbassahy (PSDB-BA), pediu nesta sexta-feira (8) para deixar o governo. O pedido de exoneração foi aceito pelo presidente Michel Temer.

Na carta que oficializa o pedido, Imbassahy escreveu que vai continuar contribuindo com a gestão Temer na Câmara. Ele reassumirá o mandato de deputado federal.

A saída de Imbassahy do governo vinha sendo ventilada desde novembro, quando o PSDB iniciou o movimento de deixar a base aliada. “O que presenciei aqui foi uma saída muito tranquila e cordial do Ministro Imbassahy. Vejo apenas como um movimento partidário que precede um ano eleitoral, nada mais”, diz Jader Marabá, assessor da Secretaria de Assuntos Federativos.

“O Ministro Imbassahy desempenhou um importante papel numa fase difícil do governo Temer para que o Brasil não parasse. E acredito ter sido fundamental”, afirma Paulo Câmara, Secretario da Subchefia de Assuntos Federativos.

Existe uma especulação em torno do nome do deputado baiano que deixa a Articulação Política do governo: Imbassahy poderá trocar o PSDB pelo PMDB.

A carta e a resposta

“Fazer parte do seu governo foi, para mim, uma honra. Atuar na articulação política em um período de radicalização pós-impeachment, com uma grande fragmentação partidária, em meio a enormes dificuldades econômicas e fiscais, representou um grande desafio”, escreveu Imbassahy na carta a Temer.

O presidente respondeu ao pedido também em carta. Ele chamou o agora ex-ministro de “amigo” e disse que é “grato” pelo trabalho de Imbassahy.

“Os momentos difíceis a que você alude na carta foram enfrentados todos por mim, mas com seu apoio permanente. A sua ponderação, o seu equilíbrio e a sua firmeza foram fundamentais para que não só atravessássemos momentos delicados, mas especialmente porque o Brasil não parou”, elogiou Temer.

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.