Justiça atende MP e determina indisponibilidade de bens do prefeito de Barra do Mendes

Justiça atende MP e determina indisponibilidade de bens do prefeito de Barra do Mendes
Foto: Reprodução/Central Notícia

O prefeito de Barra do Mendes, na região de Irecê, Armênio Sodré Nunes e seu irmão, o empresário Arlênio Sodré Nunes, terá R$253.071,00 bloqueados de suas contas por decisão da Justiça, que atendeu a pedido liminar do Ministério Público Estadual em ação civil pública ajuizada pelo promotor de Justiça Marco Aurélio Nascimento Amado por ato de improbidade administrativa. A decisão desta sexta-feira, dia 28, da Juíza Marina Lemos Ferrari, levou em conta irregularidades apontadas pelo MP em compras realizadas pelo Município no período compreendido entre os anos de 2013e 2019 com a aquisição direta e sem licitação de produtos de papelaria.

Na ação, o promotor de Justiça apontou que houve indevida dispensa de licitação. O MP apurou que a papelaria com a qual a Prefeitura fez negócio pertence ao irmão do prefeito, o empresário Arlênio Sodré Nunes, o que evidenciaria que “as compras foram realizadas de forma fraudulenta para beneficiar o irmão do prefeito, comprovando dolo na conduta do chefe do executivo municipal”.

Fonte: MP-BA

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.