Brasil e Mundo

Juiz pede suspensão da posse de Lula como ministro

Juiz pede suspensão da posse de Lula como ministro

Minutos após a cerimônia de posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a Justiça Federal de Brasília divulgou a suspensão do ato de nomeação do petista como ministro da Casa Civil. Essa possibilidade já era prevista pelo governo.

 

A decisão do juiz Itagiba Catta Preta Neto, da da 4ª Vara do Distrito Federal, suspende os efeitos da posse até o julgamento do mérito do processo pelo TRF-1ª Região. A Advocacia-Geral da União (AGU) vai recorrer.

 

O magistrado entendeu que há indícios de crime de responsabilidade na nomeação de Lula. "A posse e exercício no cargo podem ensejar intervenção indevida e odiosa na atividade policial, do Ministério Público e mesmo no exercício do Poder Judiciário pelo senhor Luiz Inácio Lula da Silva", disse o juiz, questionando a possibilidade de Lula como ministro possa interferir na Lava Jato.

 

O despacho do juiz atende ao pedido feito por partidos de oposição para barrar a confirmação de Lula como ministro. Políticos da oposição entraram com ações populares na Justiça de 26 estados e na Justiça Federal, em Brasília.

A medida também vale para qualquer outro cargo que possa ser oferecido ao ex-presidente para lhe conceder foro privilegiado.

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.