Irecê: Programa Primeiro Emprego promove inserção de jovens ao mundo do trabalho

O jovem que nasceu em Jussara, mora em Irecê e disse que além das expectativas da conquista, o trabalho vai ajudar no orçamento da sua família.
Irecê: Programa Primeiro Emprego promove inserção de jovens ao mundo do trabalho

O primeiro emprego é um momento de superação e felicidade para muitas pessoas. O ex-estudante da rede pública estadual, Kaic Soares Santos, 19 anos, concluiu em 2021 o curso de Técnico em Administração no Centro Territorial de Educação Profissional (CETEP) de Irecê e através do Programa Primeiro Emprego do Governo do Estado da Bahia, recebeu nesta semana a notícia que sua carreira profissional será iniciada. “Não acreditei que estava sendo contratado até o momento que fui levar a carta de apresentação na quarta-feira (9) no local, e me reafirmaram que fazia parte da empresa. Comecei na sexta-feira (11) e estou radiante de alegria por saber que consegui meu primeiro emprego”, relatou Kaic. 
 
O jovem que nasceu em Jussara, mora em Irecê e disse que além das expectativas da conquista, o trabalho vai ajudar no orçamento da sua família. “Tenho muitos sonhos em relação ao meu crescimento profissional. Vou me dedicar para estar sempre estudando e crescendo na empresa. O trabalho além de uma realização pessoal, é uma conquista para toda minha família. Moro com minha mãe, padrasto e minhas três irmãs! Somente minha mãe trabalhava em um emprego formal. Meu padrasto está em um processo de recuperação de um acidente que sofreu há algum tempo,  ainda assim, ele ajuda com trabalhos informais. Com a minha entrada no mercado de trabalho, vamos ter uma vida mais tranquila”, relatou o jovem.  
 
Ezequiel Westphal, superintendente da Educação Profissional e Tecnológica do Estado, ressaltou a importância do Programa Primeiro Emprego. “Essa importante política de inclusão se caracteriza como uma grande oportunidade para ocupação profissional à juventude e a população adulta concluinte dos cursos técnicos de nível médio da Rede Estadual. Com o programa, os beneficiados têm a possibilidade da contratação profissional e da primeira experiência formal em uma instituição, com a garantia de todos os direitos trabalhistas. A conquista da vaga por Kaik é o resultado do seu esforço pessoal e de uma política pública bem sucedida pelo Governo do Estado".
 
Programa Primeiro Emprego 
 
Lançado em 2015, o programa é uma política pública de inclusão no mundo do trabalho, do Governo do Estado, instituída pela Lei Estadual nº 13.459, voltada para estudantes egressos da Rede Estadual de Educação Profissional e para jovens e adolescentes qualificados por programas governamentais executados pelo Estado da Bahia. A convocação é feita a partir de ranking das notas dos alunos obtidas durante todo o curso. O contrato tem duração de até 24 meses. De dezembro de 2016 a dezembro de 2021 foram contabilizados cerca de 15 mil beneficiários em todas as modalidades do programa. 
 
Em dezembro de 2021, a Assembleia Legislativa (ALBA) aprovou a Lei nº 14.395, sancionada pelo Governo do Estado, que reestruturou o programa. Com isso, houve a ampliação do público beneficiário, inclusive com a inclusão de pessoas que estejam submetidas à medida socioeducativa ou privação de liberdade e que cumpram os pré-requisitos para a admissão e a atualização dos instrumentos do programa.

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.