Brasil e Mundo

Incêndio atinge restaurantes e pousada em Morro de São Paulo; veja

Um incêndio atingiu pelo menos três estabelecimentos, sendo dois restaurante e uma pousada, em Morro de São Paulo, localidade do município de Cairu, no Sul do estado, no início da tarde desta quinta-feira (12). Não há informações sobre onde o fogo teria começado, mas um dos locais afetados é o Sambass, que funciona como restaurante e pousada e fica localizado na Segunda Praia. Além do Sambass, há, ainda, o restaurante Cantina do Morro. As chamas começaram por volta das 13h. 

 
"Estávamos na praia, sentados, quando o pessoal da mesa do lado levantou correndo. Fizemos o mesmo, com medo de uma explosão de [botijão de] gás, mas algumas pessoas curiosas fizeram o contrário", conta o empresário e corretor de seguros Marcelo Borges, 45 anos.

Segundo fontes ouvidas pelo CORREIO, o fogo estava sendo debelado, inicialmente, por moradores da região. Em Morro de São Paulo, não há base do Corpo de Bombeiros – o município de Cairu é atendido pelo grupamento de Santo Antônio de Jesus. 

As causas do incêndio estão sendo apuradas pela Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP-BA). Em nota, a Secretaria Especial de Morro de São Paulo, órgão da Prefeitura Municipal de Cairu informou que não houve feridos. 

Neste feriado, a ocupação hoteleira em Morro de São Paulo chegou a 95% do total de 12 mil leitos disponíveis na região. 

Confira o posicionamento na íntegra: 

A Secretaria Especial de Morro de São Paulo, órgão da Prefeitura Municipal de Cairu, informa que um incêndio atingiu alguns estabelecimentos comerciais na Segunda Praia, no início da tarde desta quinta-feira, dia 12. As chamas foram controladas pelos moradores. Não houve feridos. A perícia vai informar as causas do incêndio.

 

Fonte: Correio24h

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.