Irecê

Implantação errada de gramado na Avenida Santos Lopes vem à tona e obra precisará ser refeita

O documento que será entregue ao Ministério Público diz que o solo tem características de cascalho compactado, condição inadequada para plantação do gramado.
Foto: Divulgação

A secretaria municipal da Agricultura de Irecê concluiu o relatório técnico que esclarece a situação da grama seca nas entradas principais da cidade, principalmente no contorno da Avenida Santos Lopes. O documento diz que o problema está no solo, que tem características de cascalho compactado, condição inadequada para plantação do gramado.

 

“Fizemos visitas técnicas nos contornos e constatamos que há locais com umidade elevada, com cimentação das partículas de argila”, afirmou o titular da pasta, Jazon Junior. “Posso garantir que não faltou água no contorno para que a grama chegasse aquele estado”.

 

O erro da obra ainda se estende, segundo o relatório técnico, na perfuração de um poço artesiano sem planejamento que não deu vazão e foi abandonado. Mesmo sem encontrar água, foi implantado um sistema de irrigação em desuso, já que não tinha água, diz o documento.

 

De acordo com a conclusão da equipe técnica, a obra terá que ser refeita por falta de planejamento da gestão anterior. “Os contornos estão com a grama em estágios diferentes. O da avenida Santos Lopes está mais deteriorado do que a da avenida Primeiro de Janeiro e o da estrada para Lapão”, finaliza Jazon Junior.

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.