Irecê |

Elmo Vaz comemora autorização do MEC para curso de medicina em Irecê: "Um marco histórico"

Autorização para implantação do curso foi publicada nesta terça-feira (20), pelo MEC
Elmo Vaz, em entrevista na rádio Sociedade FM

Irecê, no norte do Estado, foi um dos quatro municípios baianos aprovados pelo Ministério da Educação (MEC) para instalação do curso de medicina em instituição privada. O edital de chamamento público de municípios para implantação do curso foi publicado nesta terça-feira (20). A cidade cumpriu todas as etapas e metas estabelecidas pelo MEC e atingiu o nível satisfatório no resultado do edital.

Em entrevista à radio Sociedade FM, nesta quarta-feira (21), o prefeito Elmo Vaz, comemorou. “Essa conquista é um marco histórico e um dos maiores acontecimentos dos últimos tempos. Uma vitória não só de Irecê, mas de toda a região; resultado de um esforço coletivo de muitos setores. Estamos muito felizes”, bradou.

O gestor ressaltou o empenho e luta para conseguir a aprovação do curso. “Foram meses e meses de correria para não perdermos esse curso. Apresentamos todos os requisitos, em seguida, recebemos a visita de uma comissão do MEC, que passou três dias conferido e vistoriando vários setores da saúde. Todo esforço valeu muito a pena”, disse.

Com a implantação do curso, Elmo Vaz relata alguns benefícios para Irecê. “Estudantes e professores poderão morar na cidade, a prestação de serviços vai melhorar e ser ampliada; o Hospital Regional será um hospital de residência, sem contar com o desenvolvimento regional em torno desse curso”, explicou.

O próximo passo agora é o MEC lançar o edital para seleção de uma instituição privada para gerenciar o curso. “Irecê já desponta como uma cidade universitária, com excelentes instituições de ensino superior. Estamos torcendo para que essa entidade que vai gerir o curso seja daqui. Mas vamos aguardar os próximos passos”, completou Elmo Vaz.

 

Pascoal Ferreira | Irecê Repórter 

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.