Política

“Ela vai ter que trabalhar com atenção especial para o Oeste”, diz Júnior Marabá sobre nomeação de Jusmari

A notícia da nomeação de Jusmari criou um burburinho na política do Oeste Baiano, já que seu marido, Oziel Oliveira (PDT), é o atual prefeito de Luís Eduardo Magalhães
Jusmari Oliveira x Júnior Marabá

No dia 21 de setembro foi publicada no Diário do Estado a nomeação de Jusmari Oliveira (PSD), como Secretária de Desenvolvimento Urbano – SEDUR, no lugar do deputado Federal Fernando Torres também do PSD. A troca pegou muita gente de surpresa, já que Jusmari estava cotada para a pasta da Ciência e Tecnologia.

Este movimento do governador Rui Costa resultou em outras mudanças, pois com o retorno de Torres para a Câmara dos Deputados, o suplente Robinson Almeida (PT) terá que voltar para Salvador.

A notícia da nomeação de Jusmari criou um burburinho na política do Oeste Baiano, já que seu marido, Oziel Oliveira (PDT), é o atual prefeito de Luís Eduardo Magalhães. Ao comentar a nomeação de Jusmari Oliveira (PSD) na Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado, Júnior Marabá (DEM), que foi o principal adversário de Oziel na última eleição, disse que vê aspectos positivos nesta nomeação.

“Ela (Jusmari) vai ter que trabalhar com uma atenção muito especial para o Oeste. Ela é ex-prefeita de Barreiras e tem seu marido como atual prefeito de Luís Eduardo”, diz Júnior. “Vejo esta nomeação com bons olhos. O Oeste Baiano nunca teve uma representação tão significativa dentro do executivo estadual. Pensando como luiseduardense eu estou achando ótimo. Estou torcendo pelo Oeste”, completou Marabá.

Política local

Na última eleição para prefeito, o novato Júnior Marabá surpreendeu ao polarizar com o experiente Oziel Oliveira, perdendo a eleição com uma margem mínima de votos (Oziel 18.825 e Júnior 17.461). Crítico ferrenho da “maneira de fazer política de Oziel”, Júnior é direto ao tratar sobre o assunto, quando tentam criar vínculos com a nomeação de Jusmari. “Fui adversário político de Oziel Oliveira na última eleição e sei da grande participação dela (Jusmari) durante o processo. Mas não a vejo como uma adversária hoje. Não estamos em campanha e nem ela é candidata a nada. Fazemos política na mesma região e estivemos em lados opostos. Só isso”, disse Marabá querendo cortar qualquer tipo de comentário sobre arestas existentes entre eles.

Sobre as próximas eleições Júnior afirmou que quer seguir seu projeto político. “Sou novo e ainda tenho muito caminho pela frente. Não tenho pressa para as coisas, pois como empresário eu sei da importância do planejamento antes da ação. Vou manter o foco no meu projeto político e trabalhar para 2018. Estamos numa democracia e a alternância faz parte do jogo. Quem não tá lá hoje, pode estar lá amanhã”, brinca Marabá.

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.