Brasil e Mundo

Corpo de milionário é banhado com champanhe antes de cremação

Corpo de milionário é banhado com champanhe antes de cremação
Sheron Sukhedo gostava de se exibir com ouro Foto: Reprodução/Twitter(CCN TV6 - @tv6tnt)

Sheron Sukhedo ganhou muito dinheiro com o mercado imobiliário em Trinidad e Tobago. O seu enterro não deixa qualquer dúvida quanto a isso.

O corpo do extravagante trinitino, assassinado em Charlieville na semana passada aos 33 anos, foi coberto de anéis e cordões de ouro no valor de mais de R$ 6 milhões para o velório.

Depois, em caixão com detalhes folheados a ouro (que custou cercade de R$ 160 mil), o cadáver foi levado ao crematório em um Bentley, que pertencia ao milionário, avaliado em R$ 500 mil.

Para completar, o detalhe mais impressionante: o corpo de Sheron foi banhado com champanhe francês antes de ser cremado. As joias de ouro teriam sido retiradas antes da cremação do milionário, que costumava dizer que admirava o narcotraficante Pablo Escobar.

De acordo com o "Trindad and Tobago Guardian", a polícia suspeita de envolvimento de parentes no assassinato.

 

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.