Brasil e Mundo

Chocante: paciente sai para fumar de cueca em frio de -10°C com faca nas costas

O homem foi esfaqueado durante uma briga; a violência do golpe foi tão grande que nas costas dele que só o cabo do objeto era visível
Chocante: paciente sai para fumar de cueca em frio de -10°C com faca nas costas
Foto: Reprodução/Portal R7

"Você está prestes a morrer!" Foi assim que uma enfermeira tentou convencer Vladimir, 34 anos, a desistir de fumar. Detalhe: estava um frio de - 10°C do lado de fora e Vladimir estava com uma faca enfiada nas costas. O caso ocorreu no Hospital Distrital de Zelenodolsk, em Kazan, na Rússia. Em um vídeo publicado no Twitter, é possível ouvir a enfermeira chamando ele.

"Vladimir, você está louco?", diz a mulher. "Onde pensa que vai? Assim você vai morrer", continua como se não houvesse nada errado, ele diz apenas que "está indo atrás de um cigarro". Não há muitas informações sobre o que rolou para toda essa cena maluca acontecer e a equipe do hospital divulgou apenas uma nota onde explica brevemente o episódio.

Aparentemente, Vladimir foi ferido em uma briga enquanto estava bêbado e no momento em que sentiu necessidade de um pouco de nicotina, estava em observação, esperando uma cirurgia. A violência do golpe foi tão grande que nas costas dele que só o cabo do objeto era visível.

Na ambulância, foi colocado um curativo pra estancar o sangramento. A equipe do hospital estava tirando a roupa dele durante o atendimento quando Vladimir levantou e disse que "tinha algo pra fazer" e simplesmente saiu andando, enquanto ouvia "está frio lá fora, volte".

O homem foi com neve e tudo para o pátio do hospital, para desespero de todos no local. Somente após a chegada de um médico, Vladimir se acalmou e voltou para dentro.
Segundo nota emitida pelo hospital e publicada no jornal Daily Mail, o homem passou por uma cirurgia pouco tempo após o episódio e atualmente se encontra "estável"

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.