Após denúncia, Coelba envia resposta ‘vazia’ ao Irecê Repórter e população segue exigindo respeito

Após denúncia, Coelba envia resposta ‘vazia’ ao Irecê Repórter e população segue exigindo respeito
Clientes enfrentam humilhação do lado de fora da unidade da Coelba em Irecê (Fotos: Pascoal Ferreira)

A Coelba, por meio de sua Gerência de Comunicação, respondeu denúncia publicada pelo Irecê Repórter, na qual expõe a situação vexatória e humilhante pela qual clientes vêm passando em Irecê. Em resumo, clientes precisam enfrentar sol, vento e poeira em uma fila do lado de fora do posto de atendimento. É um desrespeito isso aqui, é humilhante demais, tratam a gente como cachorro”, reclamava uma senhora no dia da reportagem.

Em nota enviada à redação, a Coelba alega que  “diante da atual pandemia da COVID-19, estabeleceu um limite máximo de clientes dentro das suas lojas, seguindo as recomendações de distanciamento social da (OMS) para evitar aglomerações.” 

A concessionária ressalta que do lado de fora foram feitas marcações no piso, sinalizando a distância segura entre um cliente e outro. Além disso, a Coelba realiza a medição de temperatura e fornece álcool gel para higienização das mãos. Todas as medidas da concessionária foram adotadas a partir das indicações das autoridades e com o objetivo de evitar aglomerações e garantir o distanciamento. 

Há controvérsias na nota enviada pela Coelba. O Irecê Repórter esteve novamente hoje na Unidade de Atendimento da cidade e presenciou novas queixas de quem estava na fila. “É uma judiação com a gente”, disse um idoso que veio de uma localidade da zona rural. Sobre a medição da temperatura corporal, o jornalista Pascoal Ferreira comprovou que, até o momento em que esteve no local, não era medida a temperatura de ninguém.

A população segue exigindo respeito. “O que a gente quer, no mínimo, é que coloquem ao menos um toldo aqui com algumas cadeiras, pra gente não ficar debaixo desse sol e ainda mais, em pé”, apelou outra cliente da Coelba.

 

LEIA O COMUNICADO ENVIADO PELA COELBA NA ÍNTEGRA

RESPOSTA COELBA

 

A Coelba esclarece que diante da atual pandemia da COVID-19, estabeleceu um limite máximo de clientes dentro das suas lojas, seguindo as recomendações de distanciamento social da (OMS) para evitar aglomerações. A concessionária ressalta que do lado de fora foram feitas marcações no piso, sinalizando a distância segura entre um cliente e outro. Além disso, a Coelba realiza a medição de temperatura e fornece álcool gel para higienização das mãos. Todas as medidas da concessionária foram adotadas a partir das indicações das autoridades e com o objetivo de evitar aglomerações e garantir o distanciamento.  

A Coelba lembra que ampliou os canais digitais para que o consumidor evite o atendimento presencial, principalmente os idosos e crianças. No atendimento digital é possível acessar mais de 30 opções de serviços disponíveis, tudo sem sair de casa. Os consumidores podem ser atendidos pela central de relacionamento gratuita (116); por meio do site www.coelba.com.br; do aplicativo Coelba, que está disponível nas lojas de aplicativos iOS e Android; do Whatsapp, através do (71) 3370-6350; ou pelos perfis da distribuidora nas redes sociais (Coelba_oficial). Se o cliente considerar indispensável o atendimento presencial, que vá apenas uma pessoa da família.  

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.