Irecê

Agricultores do Baixio de Irecê recebem lotes da Codevasf

Próximo passo é realizar o desmatamento e a adubação das áreas para a ocupação total da área de pequenos produtores
Pequeno produtor comemora entrega de lote (Foto: Codevasf)

Dezenove lotes, com seis hectares cada um, foram entregues a pequenos agricultores do Projeto Baixio de Irecê no mês de dezembro pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). O próximo passo é realizar o desmatamento e a adubação das áreas (contrato já licitado) para a ocupação total da área de pequenos produtores (6 hectares). Novos contratos serão assinados após emissão de garantia bancária.

Ainda faltam ser entregues 30 lotes de 6 hectares. Além dessas unidades, outras 81 de diferentes áreas serão entregues após a realização de simples obras de infra-estrutura. “A ação vai melhorar a economia local com geração de emprego, aumento na arrecadação de impostos e um grande desenvolvimento em toda a região e o inicio da ocupação do tão esperado projeto Baixio de Irecê”, explica o diretor da Área de Desenvolvimento Integrado e Infra-estrutura, Luiz Augusto Costa Fernandes.

Ocelmario Pereira Gomes foi um dos beneficiados com os lotes e também é o presidente da Associação de Produtores Irrigantes do Baixio de Irecê. Ele informou que a expectativa é de que em janeiro eles já devam iniciar os trabalhos. “Já sabemos quais são os lotes, os canais já têm água, o Banco do Nordeste é nosso parceiro e o restante dos irrigantes que ainda não receberam seus lotes breve receberão”, disse.

Segundo o presidente da associação, os agricultores estão otimistas. “A região está alegre. Acreditamos que a ação beneficiará não só os agricultores, mas também vai movimentar a economia e o comércio da região de Irecê e Xique-Xique”, argumentou.

 

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.